Publié par fara

 

Nova Iorque - O projecto "Voice of Children" (Espaço Voz da Criança) implementado pela Organização Não-Governamental angolana "Twana Twangola" foi agraciado no último fim-de-semana com o prémio anual "San Marino-Alexander Bodini Foundation Children's Awards" pela sua contribuição na promoção e protecção dos direitos das crianças.

O embaixador angolano junto das Nações Unidas, Ismael Martins, recebeu o prémio em nome da ONG "Twana Twangola". Foto: angop

 

Segundo um diploma assinado pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros de San Marino, Pasquele Valentini, a atribuição do prémio, avaliado em 30 mil dólares americanos, é o reconhecimento da importância das actividades e iniciativas empreendidas pela ONG angolana em prol do bem-estar das crianças.

 

O Projecto “Voice of Children” foi lançado em 2010 pelo Conselho Nacional da Criança (CNAC), Instituto Nacional da Criança (INAC) e outras organizações locais, com o apoio técnico e financeiro do UNICEF. O programa oferece às crianças a possibilidade de utilizar os seus direitos de participação em várias actividades a nível da comunidade.

 

O programa foi implementado pela ONG “Twana Twangola”, obtendo resultados positivos na advocacia da inserção de crianças em actividades socialmente úteis em quatro províncias, na selecção e participação de crianças fóruns em seis províncias e discussões sobre a conclusão dos 11 compromissos do Governo com as crianças.

 

A realização do 1º Fórum Nacional da Criança, em Junho de 2011, com a participação de 80 crianças, o uso do Facebook para recolha de pontos de vista dos adolescentes sobre os 11 compromissos do Governo e a agenda Pós-2015 para crianças e o apoio ao Fórum das Crianças do CNAC em 2011 e 2013 são outras acções desenvolvidas no quadro do programa.

 

Na cerimónia de outorga, decorrida em Nova Iorque, o Representante Permanente de Angola junto das Nações Unidas, embaixador Ismael Gaspar Martins, que recebeu o prémio em nome dos vencedores, enalteceu o facto de uma ONG angolana ter sido distinguida com o prestigiado prémio e salientou que o Governo angolano aposta na implementação de programas em prol do desenvolvimento das crianças, sendo uma das prioridades da sua agenda.

 

Com a criação, em 2007, do Conselho Nacional das Crianças (CNAC), encarregado da implementação e monitoramento dos 11 Compromissos do Governo para as crianças, o Executivo Angolano declarou as crianças como uma prioridade absoluta, comprometendo-se em garantir os direitos da criança à sobrevivência, ao desenvolvimento, à educação, protecção e participação no topo da agenda política para o desenvolvimento.

 

O UNICEF Angola, em conjunto com o CNAC e o Instituto Nacional da Criança (INAC), acordaram contribuir para a redução da vulnerabilidade da criança e no aumento da participação da criança a nível sub-nacional, nacional e comunitário, através da conclusão do 10º Compromisso: “Crianças e Comunicação Social”.

 

O Prémio San Marino - Fundação Alexander Bodini visa reconhecer e apoiar iniciativas dirigidas por menores que promovam os direitos da criança e contribuam para a participação significativa de crianças e jovens em assuntos que as afectam.

 

Este ano, além do “Twana Twangola”, cuja proposta de concurso foi apresentada pelo UNICEF, a “San Marino-Alexander Bodini Foundation Children's Awards” também premiou uma ONG do Yémen.

 

                                                                                                                                                     Via Angop

 

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article