Publié par fara

 

 

 

Fotografia: João Gomes |

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, reiterou na terça-feira, em Madrid, a necessidade de se reforçar a cooperação com a Espanha no domínio cultural, principalmente na área da investigação.

 

Ao falar num encontro com a direcção de Ciências Humanas e Socais do Conselho Superior de Investigação Científica de Espanha, afirmou que a existência de um protocolo neste domínio vai ser bastante benéfico para Angola, tendo em conta as acções desenvolvidas no âmbito do projecto Mbanza Congo, destinado à inclusão da histórica cidade angolana na lista do património mundial da UNESCO.


Em Madrid, no âmbito do evento de internacionalização da cultura e arte angolana, a ministra reforçou que, além de permitir a realização de trabalhos científicos, o centro tem também a particularidade de possuir laboratórios de análises, que podem ser de capital importância para as acções promovidas pelo Executivo para o reconhecimento de Mbanza Congo.


Na sua perspectiva, a cooperação pode também passar pelas acções de formação de especialistas angolanos nos mais variados domínios, em função das necessidades do país.


O fórum é uma iniciativa que visa reforçar as relações bilaterais entre Angola e Espanha, no domínio das Artes e da Cultura, estimular o intercâmbio de experiências entre empresários culturais espanhóis e angolanos e promover o conhecimento das Artes e da Cultura angolana em Espanha.

 

 

 

                                                                                                                                                             J.A

 

 

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article