Por Panzo Abílio O FUTURO DO KIKONGO DE ANGOLA Por um lado, agradecemos e estamos orgulhosos do nosso governo, em particular ao Ministério da Educação de Angola, pela introdução de currículos de línguas nacionais. Por outro lado, os Bakongo podem fazer...

O FUTURO DO KIKONGO DE ANGOLA Por Mpanzu Abílio Sou grato à minha mãe porque ela é quem ensinou-me “par défaut” como escrever Kikongo vava tuakele kuna Ngipito (eu tinha 12-14 anos). Sempre que ela queria escrever para seu irmão que já estava de regresso...