Publié par fara

Adeus Papa Wemba

O Jules Shungu Wembadio Pene Kikumba, ícone da terceira geração da Rumba congolesa, deixou hoje, o mundo dos vivos, às 9 horas e 10 minutos em Abidjan, na República do Côte d'Ivoire, onde participava no Festival FEMUA, em Anoumabo, organizado pelo grupo Magic System.

O portal congolês Politico.cd escreve que o Papa Wemba (o seu nome artístico) perdeu os sentidos no pódium, quando prestava no segundo dia do festival, às 5 horas de madrugada. Apesar da tentativa de reanimação, feita pelas dançarinas e mais tarde pelos socorristas da Cruz vermelha, papa Wemba perdeu a vida no hospital onde fioi evacuado.

Papa Wemba foi um artista que revolucionou a rumba congolesa, ao criar nos fins dos anos 60, o famoso conjunto Zaiko Langa Langa, inaugurando assim, a terceira geraçâo da Rumba congolesa, dominada pelo estilo da música accelerada e excluíndo os intrumento de sopro.

Papa Wemba nasceu no dia 14 de Junho de 1949, em Lubefu, na região de Sankuru, no Kassai, na actual RDC.

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article