Publié par fara

Dundo - Um troço rodoviário de 11 quilómetros, que liga a cidade do Dundo (Lunda Norte) à província do Cassai Ocidental, na república Democrática do Congo, através da fronteira do Tchissanda, foi inaugurado neste sábado.

O acto foi presidido pelo governador provincial da Lunda Norte, Ernesto Muangala, e testemunhado pelo embaixador da república
Democrática do Congo em Angola, Mayele Ebokwol Bernadin.

Na ocasião, o governante angolano frisou tratar-se de uma via terciária asfaltada e modernizada e vai permitir maior fluidez na circulação e transações comerciais, além de contribuir para arrecadação das receitas fiscais.

Segundo disse, o projecto iniciou a dois anos, com a abertura dos postos fronteiriços do Tchissanda e Itanda, nos municípios do Tchitato e Cambulo, a pedido das autoridades locais, para dar cumprimento ao estatuto mineiro da província, no que tange a segurança e a legalidade migratória.

Sustentou que o mesmo culminará com a construção de infraestruturas mercantis e administrativas, serviços aduaneiros,
facto que poderá contribuir para a captação de investimentos e estimular o comércio transfronteiriço, de modo a beneficiar também os jovens desempregados.

Por seu turno, o embaixador Mayele Bernadin manifestou-se satisfeito com a obra e reconheceu o esforço do Executivo e do chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, em relação ao programa que promoverá o desenvolvimento e aproximação da diversidade cultural dos dois povos na luta contra a pobreza.

O troço é parte dos 41 quilómetros e meio das obras à cargo da empresa chinesa Sinomach e teve início em Setembro de 2013.

O mesmo esteve orçado em cerca de 10 milhões de dólares, segundo o responsável da fiscalização da empresa Folop, Oswaldo Fonseca.

Angop

Inaugurado troço rodoviário Dundo/RDC
Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article