Publié par fara

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, depois de inaugurar a embarcação de passageiros Secil Kapossoca, no terminal com o mesmo nome, viajou a bordo de um outro barco para o ponto do Mussulo, percurso que durou cerca 10 minutos.

Depois de uma curta paragem no terminal do Mussulo, o Chefe de Estado seguiu de imediato para o de Mococo, todos eles localizados no município de Belas, na capital, também para a sua inauguração.

As cerimónias foram testemunhadas pelo vice- presidente da Republica, Manuel Domingos Vicente, membros do executivo, entre outras individualidades.

Os dois terminais equipados com repartições de atendimento, dentre os quais restaurante, sala de embarque e parque de estacionamento, têm capacidade para atender 100 passageiros cada.

Esta jornada de campo do Chefe de Estado esteve inserida na segunda fase de inauguração dos terminais marítimos de passageiros e das embarcações marítimas de passageiros denominadas Secil Kapossoca, e Secil Mussulo.

Recorde-se que por ocasião das celebrações do 4 de Abril, data consagrada a paz e reconciliação nacional no país, o estadista angolano inaugurou a primeira fase do terminal Kapossoca, situado no distrito urbano da Samba, ponto de partida das mesmas que também fazem ligação para o Porto de Luanda.

Alguns populares residentes na ilha do Mussulo entrevistados pela Angop manifestaram-se satisfeitos por, doravante, verem resolvido a questão rápida da movimentação das suas residências para o centro da cidade.

As embarcações, que podem atingir de nove a 10 nós de velocidade e ligarem os dois pontos em 10 minutos, têm 20 metros de comprimento e seis de boca.

De dois pisos, têm duas casas de banho, serviços de restaurante e estão dotados de sistemas de salvação com boias e balsas.

Gerida pela empresa de Transportes Marítimos de Angola (TMA), podem ser operados por um mestre, dois maquinistas, igual número de marinheiros e de assistentes de bordo.

Via Angop

Presidente da República inaugura terminais marítimos no Mussulo e Mococo
Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article